Subscribe to web2feel.com
Subscribe to web2feel.com

Destaques merecidos.

segunda-feira, 31 de maio de 2010 7 comentários

Parabéns á comunicação social, que esteve presente na nossa vitória.
A reportagem na RTP - Açores, programa Troféu.

Confirmação do favoritismo.

domingo, 30 de maio de 2010 2 comentários


Um início de época bem conseguido, bom circuito, boa visibilidade e boa organização, estavam assim reunidos todos os ingredientes para o início da festa do ciclismo.
Este circuito foi a prova certa para começar mais uma "Taça Anima", prova sem grandes dificuldades, e com fortes possibilidades de chegada ao sprint, o que viria beneficiar e muito o espectáculo, que já havia começado com todo o aparato que a caravana da modalidade já movimenta, muito positivo.
A Sport Zone, sabia que esta era uma prova complicada em termos de planeamento, 60 Km sem dificuldades iria permitir a muitos atletas andarem em posições pouco habituais, por isto havia que fazer movimentar o poletão em alturas chave da corrida. Como favoritos, assumimos as nossas responsabilidades e controlamos a corrida para podermos evitar a todo o custo o tão ambicionado sprint. Apesar de todos terem estado em grande plano, não posso deixar de evidenciar alguns elementos.
Álvaro Câmara e Roberto Gandarinho, em evidência, trabalharam muito e bem, cumpriram ao milímetro o que estava programado, sacrificaram as classificações individuais em beneficio da equipa, e mostraram a razão da sua entrada num colectivo de eleição.
Bruno Fernandes e Pedro Resendes, outras duas pedras importantes nos ataques e respostas na cabeça do poletão, um é uma confirmação, o outro uma esperança.
David Morais e Nuno Silva, neste caso a força de Nuno juntou-se á voz de comando de David, o chefe de fila preparou e bem uma chegada isolada da Sport Zone, desta vez coube ao Nuno ocupar o lugar mais alto do pódio, enquantoatraz no poletão se preparou o lançamento do nosso homem mais rápido para o Sprint final, mas para a disputa do 2º e 3º lugar, que desta feita premiou o sprinter e o seu lançador.
Quero agradecer ao David Team, Nuno Team, Bruno Team, Gandarix Team, Alvaro Team, e aos demais Team's por terem cedido os seus atletas a esta DREAM TEAM.
Grande prestação, parabéns a todos.

ESTRADA 2010

quinta-feira, 27 de maio de 2010 2 comentários

Mais uma vez o Restaurante Fair Play foi o palco da apresentação da equipa de estrada para 2010.
Entre jornalistas, atletas, familiares e amigos, apresentamos o projecto 2010 e os seus atletas.
Contamos com a presença do Sr. Eng Ricardo Barros, Director de Operações da empresa INSCO, detentora do Franchising Sport Zone.

http://www.youtube.com/watch?v=zgfFnmlXniQ

Fica o registo da reportagem do programa Bom Dia Açores, da responsabilidade de Sr. Pedro Moura, desde já o nosso agradecimento.





78km
2800 m Acumulado.
33 graus

“Parto para a grelha de partida com o dorsal 210 fruto do 10º lugar do
Campeonato do ano passado. Com isto fiquei a meio sensivelmente, pois os escalões elites e femininos estão na frente.
Senti-me bem durante toda a prova fui gerindo bem o esforço pois as
subidas eram muito longas, as descidas muito rápidas e sinuosas com bastante pedra.
Depois de passar a segunda zona de assistência, ao km 40, tive duas quedas consecutivas num “single track” muito inclinado e técnico, disto saiu a danificação do manipulo das mudanças e da chapa que protege a escora da corrente entre o pedaleiro, magoei-me com uma contusão no músculo da coxa direita por cima do joelho fruto do embate no quadro da bicicleta, a corrente ficou presa entre a escora e o pedaleiro, tive de a tirar à mão, perdendo tempo e ganhando alguns nervos.
Desmoralizei um pouco e pensei que estava "preso por arames" tanto eu
como o manipulo das mudanças de trás, pois abanava por todo o lado.
com bastante sofrimento na perna e cuidado com o manipulo evitando ao
máximo utilizar as mudanças, lá foi eu para os restantes 30km que faltavam para terminar.
O corpo estava a corresponder às solicitações de andamentos e a bicicleta lá se aguentou até final...
Mas foi sofrer muito!!!!
Fiquei com a sensação de objectivo cumprido “top 10”, fiz 8º com 4h 08m, mas que poderia ter sido um pouco melhor se não acontecesse as quedas e avarias...mas numa maratona há sempre imprevistos e as bicicletas com a dureza do percurso nem sempre chegam a 100%.”
Nuno Silva

MEMORIAL BRUNO NEVES... POR DENTRO!

quinta-feira, 20 de maio de 2010 2 comentários

“O QUE É QUE ANDO AQUI A FAZER…NO MEIO DESTES “MALUCOS””, foi sem dúvida a frase que me passou pela cabeça vezes sem conta, ao longo de toda a prova, mas já vamos lá….

Sem dúvida um evento que marca quem participa, quer pela causa a que se propõe, quer pelo traçado escolhido: PÓVOA DE VARZIM – FAMALICÃO – GUIMARÃES – FAFE – ALTO DA LAMEIRA – GANDARELA - CELORICO DE BASTOS – MONTE SENHORA DA GRAÇA, aproximadamente 115 km, subida quanto baste, pois o acumulado final foi de mais de 2100 m no meu Polar, saliento a subida ao Alto da Lameira, 10kms sempre a abrir, onde houve várias tentativas de fuga, a mais longa protagonizada por um elemento da equipa DAVID TEAM… mas que correu cedido à Sport Zone, o David Morais, que andou fugido aproximadamente 6 kms… e eu a assistir de “bancada”, no meio do grupo da frente, que se formou ao longo da subida. Mas como quem sobe normalmente também desce, aparece uma descida de vários kms, com curvas e contra-curvas de cortar a respiração… parecia uma serpente gigante a deslizar… IMPRESSIONA! Mas impressiona mais, estar a descer, olhar para o lado e ver o Monte da Senhora da Graça ao longe, em forma de cone… Após a descida alucinante, mais uns kms a rolar com alguns topos, e eis se não quando, estamos na base do Monte da Srª da Graça, aí cada um por si… e assim foi, sempre a subir (após 100 kms decorridos). Confesso que comecei a subir com bastante receio, quer pela imponência do monte, quer pelo que ouvimos falar desta mítica subida, mas a verdade é que me senti bem ao longo da subida, conseguindo recuperar algumas posições (embora não fosse esse o principal objectivo)! Cruzar a linha de Meta (no alto), é uma sensação especial, mais especial se torna quando à minha espera está o Lourenço e a Vera (aos gritos claro…).

Pedalar no meio de 400 ciclistas é uma experiência que provoca várias sensações, a partida chega a arrepiar, ouvir aquelas velocidades todas a “cair” em simultâneo, ver máquinas de todo o tipo e feitio, marcas e cores (uma autêntica feira das vaidades…lol!). Mas foi tudo muito giro até aparecer a primeira rotunda!!! Só vos posso dizer que mete respeito… guiadores a bater nas pernas, ombros encostados, correntes a encravar… de tudo um pouco! Ali temos que ser fortes e encher o peito de ar… (agora que escrevo até parece que foi fácil), e acreditem que passamos por muitas, muitas rotundas! Mas com o passar da prova… continuava sempre a ser difícil…lol!

Todo o ciclista gosta de participar em festas do ciclismo, e este Memorial, é sem dúvida uma festa do ciclismo! Homenagear o grande ciclista que foi o Bruno Neves é motivo suficiente para querer estar ali, naquele ambiente festivo/competitivo. SIM, porque o factor competição está lá bem presente... Participa gente com todo o tipo de objectivos, uns querem ganhar, outros simplesmente participar e outros apenas acabar, e há aqueles que vão lá testar a sua preparação física para a temporada que se avizinha… lol! (A minha classificação e a do David, no meio disto tudo, acaba por ser o menos importante... embora extremamente positiva!) Aquilo é “velhadas”, “costaneiras”, “velhadas com barriga”, de tudo um pouco… (Alguns grandes malucos...) mas com andamentos, todos eles, elevados!

Gostaria de agradecer à Sport Zone (patrocinador principal), e especialmente ao D.D. (Paulo Resendes), que nos tem proporcionado “experiências ciclísticas” muito especiais, desde a participação em provas do campeonato nacional de XCO, XCM, Maratona de Portalegre, Memorial Bruno Neves… e o que mais virá por aí!!! Esperar para ver!

A equipa tem evoluído a todos os níveis, e estas participações, em competições de top “lá fora”, proporcionam experiência para aplicar à nossa realidade, fazendo com que todo o pelotão Açoreano evolua.

Outro agradecimento (e nunca são poucos), vai para o Carlos Silva e a Ana, que quase nunca referem nos agradecimentos, mas ela está sempre lá a acompanhar. Quem faz o que eles fazem… Só amigos de verdade! OBRIGADO!

Eu que sempre disse que ando nisto por diversão, e quando ela acabar, "penduro as bicicletas"... Neste momento a diversão é bem elevada!

Venha a IV Taça ANIMA e a Volta Liberty Seguros!!!

Fica aqui um pequeno vídeo de uma Grande Prova.

video

BRUNO FERNANDES

Subida à Senhora da Graça.

terça-feira, 18 de maio de 2010 6 comentários

Memorial Bruno Neves, Póvoa Varzim - Senhora da Graça.
Á partida o ambiente era de festa, 400 participantes para uma etapa de 115 Km com um grau de dificuldade médio/alto, para terminar na mítica subida á Senhora da Graça, final de uma das etapas emblemáticas da Volta a Portugal.
O objectivo visto desta forma, perspectivava uma grande experiência para os nossos dois atletas, David Morais e Bruno Fernandes, eram os representantes Açorianos.

David Morais consolida a versatilidade, no XC já se viu onde anda (4º - 6º...na Maratona faz 2º, agora na estrada faz 11º á geral e 7º em Master A.
Nesta prova foi audaz, andou sempre entre os melhores, rolou, puxou, subiu, e como se não bastasse ainda tentou uma fuga, e andou sozinho durante 5 ou 6 Km, mas por estas terras poletão não permite muitos atrevimentos, foi apanhado no final da primeira grande subida do dia (10 km), depois desceu integrado no grupo dos favoritos, e na subida final, a Sª da Graça, pagou o esforço de ter tentado um brilharete, e fez 11º á geral.
O Bruno Fernandes, outra grande prova. Parte com o objectivo de adquirir experiência, e coloca-se no final em 21º. Andou sempre no grupo dos favoritos, fez uma corrida controlada e sempre com a atenção em não descolar do grupo dos favoritos, na ultima subida ainda ganhou alguns lugares fruto da corrida inteligente que fez.

O Lourenço começa cedo a viver o ciclismo, vamos já assinar o contrato.


O sentimento de dever cumprido está patente nos rostos dos nossos campeões, parabéns aos dois. Foi certamente uma grande preparação para a época de estrada que se aproxima.
O Carlos Silva, incansável... acompanha constantemente os nossos atletas, fez grande maratona. Saí de Lisboa para a Póvoa de Varzim, para apoiar os seus amigos Açorianos, também denota estar em grande forma, Obrigado.

Surpresa ao abrir o Jornal do Ciclismo, David Morais é foto de destaque da prova. Em grande estilo, o Açoriano não passou despercebido aos jornalistas.
Esta foto de destaque tem a sua razão de existir, aqui o campeão Açoriano, estava em fuga, daí a moto de assistência e o carro dos comissários.


"Caracteristícas da prova:
Foram 75km em 4h 41ms, com 3000 de acumulado aprox.circuito muito giro com 70% de single track.
Prova muito técnica autêntico xco em 75km, quase que não havia plano para rolar e o que havia era com muita pedra exigindo muita concentração e destreza para não desmontar ou cair, terreno pesado das fortes chuvas que caíram nos dias anteriores e no dia da prova.
Sensações:
Parti na última fila pois ainda não tinha pontuado na taça este ano, depois de estar na partida 15 min debaixo de chuva e frio lá se deu o apito.
Foi arrancar à "morte" até aproximar ao máximo dos da frente.
Entretanto entramos em single e aí foi gerir o andamento com um grupo
intermédio.
Durante a prova fui conquistando lugares de traz para a frente, onde no 3º último abastecimento ia em 11º do escalão, até final ainda conquistei mais um lugar do escalão e mais alguns da geral, fruto de boas sensações nas pernas na parte final, onde geralmente o pessoal vacila mais.


Prova limpa sem quedas e onde me diverti ao máximo com a beleza dos locais por onde passamos e dos trilhos que ia ultrapassando."


Nuno Silva.




Classificação Vet A.


1- José Silva


2- Rui Lavarinhas


3- Hugo Velho


4- João Santos


5- José Rodrigues


6- Pedro Amaral


7- Paulo Lopes


8- Tiago Fragata


9- Rui Torpes


10- Nuno Silva




Parabéns ao Nuno Silva, um digno representante da Sport Zone e dos Açores nas Maratonas.


PORTALEGRE 2010

terça-feira, 4 de maio de 2010 3 comentários

Nesta edição de 2010, o percurso foi segundo a critica o mais exigente dos últimos anos.

A Sport Zone participou com 5 elementos em representação dos Açores. David Morais, Luís Almeida, Bruno Fernandes, Fernando couto e Inácio Russo.

A iniciativa do patrocinador em apoiar a participação destes atletas no maior evento de BTT realizado em Portugal, foi uma aposta ganha. Desde já gostava de agradecer ao Carlos Silva pela contínua colaboração que tem dado sempre que atletas da equipa de deslocam ao Continente, as fotografias são da sua autoria.

Muitos foram os relatos feitos por todos, mas mesmo assim tenho a certeza que por mais que descrevam nunca será como lá estar. A frase unânime foi, "ambiente fantástico" e acredito que quem lá foi, pode até não repetir, mas certamente que jamais esquecerá.

O Luís Almeida enviou-me um email com uma definição (curta) das prestações dos nossos atletas, a qual eu tomo a liberdade de publicar.

"-Inácio Russo - Boa disposição do alentejano que jogou em casa - quer ajudar tudo e todos, grande espírito.


"- Fernando Couto - FELICIDADE, era provavelmente o homem mais feliz de todos os que acabaram a prova estava maravilhado" - para quem me disse que nunca levaria o ciclismo muito a sério... está de parabéns terminou a prova mítica do BTT em Portugal.

"- Bruno Fernandes - Capacidade de sofrimento, ele merece tudo de bom na vida" - Depois de uma aparatosa queda e um grande susto para todos o amigos, pensava eu que estava comprometido o grande objectivo (simbólico) do Bruno em participar em Portalegre, a sua capacidade de sofrimento fez do sonho uma meta, um lutador...

"- Luís Almeida - Desilusão total" - Até parece... como já todos sabem o grau de exigência do Luís Almeida é altíssimo, mas consigo próprio esta exigência chega a roçar a perfeição, para ele o pensamento nobre da vitória não permite sequer o deslize do resultado menos conseguido, fazer 46º entre alguns milhares de atletas não chega, mesmo sem contar que o seu meio natural será sempre o asfalto, e de preferência o de S.Miguel, conto contigo e com a tua força, o teu até breve vai voltar a ouvir-se... ATÉ BREVE.

"- David Morais - Atleta de outro mundo" - Bom, aqui temos uma curta descrição onde tudo está transparente.

No dia da prova, a minha atenção ao relógio era mais do que qualquer outro sábado do ano, sempre á espera de um telefonema a dizer - acabou e estamos todos bem. Só que quem ligou foi o Carlos Silva e disse-me: estou a 5 Km do final e o David segue isolado em 5º lugar,... fez-se silêncio... pela forma efusiva com que vivo os resultados dos atletas que acompanho, e este em especial por todo o seu percurso e devoção á modalidade, cheguei a arrepiar-me e mais não digo... de seguida era só esperar uns intermináveis 5 km e esperar que o telefone voltasse a tocar, e assim foi desta vez era o próprio, David Morais dava-me a notícia, com uma voz tranquila e serena nada própria de quem tinha acabado de fazer 100 Km de Btt, e mais, se tinha classificado entre os melhores (mais uma vez) numa prova muito apetecida pela maioria dos betetistas nacionais. Confirmava-se então um resultado pouco esperado mesmo pelos mais optimistas.

Concordo plenamente com o Luís Almeida, um atleta do outro mundo. Que dizer, versatilidade é a palavra, no XC já vimos que anda junto dos melhores, nas maratonas é o que se vê, na estrada vamos ver... e tendo em atenção que em 2007 faz em Portalegre faz 13º a sua evolução está inversamente proporcional á sua idade, quando mais velho mais anda, não meus amigos, quanto melhor treina, quanto mais se aplica, muito melhor anda.

Em resumo final quero dar os parabéns a todos, sem excepção estiveram e acabaram uma prova onde muitos ainda sonham em participar, e mostraram que os Açores estão muito bem representados nestas vertentes.

Quanto ao David Morais, que me desculpe quem se acha melhor mas,...

O "nosso" Morais é o melhor atleta Açoriano de sempre.